Como Escolher Andadores Para Bebês?

Peças projetadas para o uso de crianças entre seis a quinze meses de idade, os andadores são objetos em que os bebês ficam sentados dentro deles e, com o auxílio da força, empurram o objeto com a pontinha dos pés. Andadores possuem rodinhas, e por conta disso, os bebês andam de um lado para o outro, adquirindo maior mobilidade de movimentação. Alguns acreditam que os andadores ajudam a criança a aprender a andar, no entanto, eles também costumam estar cercados por muitas polêmicas, pois se acredita que o uso de andadores pode causar prejuízos na formação e desenvolvimento das crianças.

 

A Sociedade Brasileira de Pediatria condena o uso do acessório, pelo risco de provocar acidentes domésticos e, também, de prejudicar o desenvolvimento motor do bebê. No entanto, vale salientar que o problema não está diretamente ligado ao uso do objeto, mas como os pais conduzem o uso dos andadores. De acordo com dados levantados em pesquisas realizadas pela Sociedade de Pediatria, muitos pais descuidam dos filhos quando estes estão nos andadores e, em questão de segundos, acidentes graves podem acontecer. Então, fica a dica de que não se trata do objeto, mas da maneira como o uso é conduzido.

 

Como se trata de um acessório, não é um dos itens obrigatórios na hora de fazer a montagem do enxoval do bebê, no entanto, caso a criança venha a ganhá-lo, o uso deve ser feito com supervisão constante por parte dos pais.

 

Há dois modelos de andadores hoje disponíveis no mercado: os tradicionais antigos e os novos. Os tradicionais e mais antigos são aqueles que possuem um formato em mesinha com rodas, onde a criança fica apoiada, como se estivesse sentada, mas com os pés soltos e tocando levemente o chão. Esses andadores permitem que o bebê se locomova livremente.

 

Já os modelos novos são vistos como brinquedos, pois vêm com uma porção de acessórios para a criança se entreter, como telefone e botões que emitem sons. Ele tem uma alça na parte de trás, própria para servir de apoio – como se fosse um carrinho de supermercado. Com isso, também oferece liberdade ao pequeno, que pode ir para um lado e para o outro sem a ajuda de um adulto.

 

Embora o modelo atual seja mais aceito pela Sociedade Médica, ainda gera controvérsias. Os médicos ainda afirmam que os andadores, mesmo na versão moderna, podem trazer prejuízos à formação da criança. Cabe a cada família decidir se usa ou não o andador.

23. abril 2015 por Bebê
Categoria: Acessórios, Bebês | Tags: , , |